A Google anunciou no final da passada semana que vai cessar o suporte dado ao Project Tango no próximo dia 1 de março de 2018. Esta foi a sua primeira plataforma de realidade aumentada para criadores mas vai ser agora substituída pela ARCore, que não requer hardware especial para dar aos utilizadores o que de melhor há na realidade aumentada.

"À medida que nos focamos em trazer a realidade aumentada para todo o ecossistema Android com o ARCore, vamo-nos desligando do Tango. Queremos agradecer à comunidade incrível de criadores que se gerou à volta deste sistema e que progrediu substancialmente com o software ao longo dos últimos três anos. Esperamos continuar a acompanhar a vossa jornada no ARCore", disse, em declarações à ZDNet, uma porta-voz da Google.

MWC17: Lenovo Phab 2 Pro já leva realidade aumentada às empresas com ajuda do Tango
MWC17: Lenovo Phab 2 Pro já leva realidade aumentada às empresas com ajuda do Tango
Ver artigo

Recorde-se que o Project Tango foi lançado em 2014 para dar aos smartphones algumas funcionalidades de realidade aumentada. Este software (e hardware) permitia que os equipamentos detetassem a sua posição numa sala sem recurso ao GPS. Com este sistema, a Google chegou até a lançar e patrocinar vários equipamentos para estimular o desenvolvimento de aplicações e outras experiências tridimensionais que bebessem do potencial desta tecnologia, sendo que o Lenovo Phab 2 Pro foi talvez o mais popular.

A maior vantagem do ARCore face ao Tango é o facto de não exigir hardware adicional para potenciar experiências em realidade aumentada.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.