Em março de 2019 o Parlamento Europeu, o Conselho da União Europeia e a Comissão Europeia chegaram a um acordo provisório que visa implementar novas tecnologias de segurança rodoviária. A partir deste domingo, 5 de janeiro, o Regulamento Geral de Segurança, já revisto, entra em vigor e as novas regras exigem que a partir de julho de 2022 todos os novos veículos cumpram com uma série de requisitos.

Com o objetivo de reduzir o número de mortos e feridos nas estradas, as regras vão exigir, nomeadamente, que os novos veículos estejam equipados com recursos que detetem sonolência e distração nos condutores e uma zona de impacto melhorada para diminuir o risco de ferimentos de pedestres e ciclistas.

Novas tecnologias de segurança rodoviária vão ser obrigatórias na União Europeia
Novas tecnologias de segurança rodoviária vão ser obrigatórias na União Europeia
Ver artigo

Para além disso, outras das regras exigem a integração de sistemas que reduzem o ângulo morto em camiões e autocarros e tecnologia de gravação de dados. Confira a lista de novos requisitos.

Com as medidas propostas, a União Europeia espera que, até 2038, se salvem mais de 25.000 vidas e se evitem pelo menos 140 mil feridos graves, tendo também como objetivo a quase eliminação do número de acidentes mortais e feridos graves até 2050. Em mente está também o caminho para uma mobilidade cada vez mais interligada e automatizada, que se pretende que impulsione a inovação e a competitividade da indústria automobilística europeia.

De acordo com a Política de Segurança Pública um em cada cinco acidentes tiveram a distração como causa no primeiro semestre de 2019. Dos 2.280 inquéritos abertos para analisar as causas dos acidentes registados nesse período ficou provado que a distração foi um dos fatores identificados em 508 casos, associada ou não ao uso do telemóvel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.