A Samsung confirmou na quinta-feira que vai lançar smartphones com o sistema operativo móvel Tizen em 2013. Além da confirmação a empresa sul-coreana não adiantou nenhum pormenor sobre as especificações técnicas, sobre o aspeto que os telemóveis podem ter ou sobre a data de lançamento em concreto.

"Planeamos lançar novos e competitivos dispositivos Tizen ainda este ano e vamos continuar a expandir a oferta dependendo das condições do mercado", adiantou a Samsung ao Business Week.

Ainda não é certo se a aposta conjunta da Samsung e da Intel, e que conta com o apoio da operadora de telecomunicações japonesa NTT DoCoMo, vai ser de smartphones de gama alta, média ou baixa. E a acontecer, se adota o mesmo estilo e design de telemóveis que tem apresentado para Android ou se diferencia.

A compra da Motorola pela Google é vista como uma das principais razões que está a "obrigar" a Samsung a apostar num ecossistema móvel alternativo ao Android. A marca sul-coreana não quer ficar dependente da empresa norte-americana e da possível relação privilegiada que pode beneficiar a Motorola em detrimento das restantes parceiras da aliança Android.

O Tizen OS terá também que contar com a concorrência do Ubuntu para smartphones e que foi apresentado na quarta-feira. Ambos os sistemas operativos são open source e construídos em Linux.

Com o aparecimento e confirmação de novos sistemas operativos móveis, o Mobile World Congress de 2013 pode vir a ter uma maior importância a nível de software do que a nível de hardware.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.