As mais recentes informações em relação às Smart TVs alertam para uma possível divulgação de dados privados, o que deixou alguns clientes indignados. Quando foi divulgada a nova política de utilização dos televisores da Samsung, ficou assegurada a encriptação das pesquisas de voz, mas testes mais recentes desmentem os regulamentos da tecnológica.

Os televisores da Samsung têm feito correr muita tinta nos últimos dias e nem sempre pelas melhores razões. Algumas funcionalidades dos televisores inteligentes dispensam a utilização do controlo remoto e podem funcionar através de comandos de voz, mas a política de privacidade da companhia alertou para uma possível recolha das mensagens gravadas, que seriam posteriormente enviadas para um servidor.

Esse servidor é controlado pela Nuance Communications, um operador privado, que converte os dados enviados em texto. Contudo, testes realizados por uma empresa de segurança vêm negar as informações publicadas pela Samsung, que assegurava a encriptação das mensagens antes de estas seguirem para o servidor.

"O que vemos aqui não dão dados encriptados em SSL. Isto nem sequer são dados em HTTP", disse David Lodge, da empresa de segurança Pen Test Partner. Apesar das conclusões, o analista referiu que o equipamento apenas ouve o utilizador "se ele quiser" mas que, como pode ser visto, os dados são enviados a outras empresas.

"Quando se diz 'olá, TV' ela vai ouvir algumas informações, como pedidos para alterar o volume, mas se é dito algo mais complexo, como uma pesquisa na Web, essas informações vão ser passadas a terceiros - neste caso à Nuance Communications", explicou o analista.

A opção de reconhecimento de voz poderá ser desligada nas definições, mas isso leva a que todo o sistema de pesquisa de voz fique inacessível para os clientes.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.