Depois da fundação Apache, foi agora a vez da Debian vir a público afirmar que não pretende apoiar o Sender ID, o sistema anti-spam promovido pela Microsoft. A distribuidora de Linux considera que as condições de licenciamento da tecnologia são demasiado restritivas e por isso contrárias ao espírito do open-source que representa.



As numerosas cláusulas de licenciamento para a utilização do sistema Sender ID preocupam os promotores do software livre. Algumas delas têm causado maior polémica, como a respeitante à obrigação de informar a Microsoft de quais os clientes que utilizam a nova tecnologia ou a de aceitar as leis americanas de controlo sobre as exportações.



Além disso, a comunidade open source está igualmente interessada em saber quais são as patentes a integrar pela tecnologia que ainda aguardam homologação e em que medida poderão influenciar a sua utilização em aplicações de software livre.



Através da Sender ID pretende confirmar que cada uma das mensagens de email tem origem no domínio de Internet que reclama ter, baseando-se na morada IP do servidor emissor, de modo a eliminar a probabilidade do chamado spoofing de domínios.



A Microsoft está a disponibilizar o Sender ID mediante um sistema de licenciamento gratuito que obriga contudo a assinatura das empresas interessadas em usar a tecnologia. No seu site, a fabricante explica a partir da secção de FAQ que uma implementação do Sender ID pode em princípio ser distribuída mediante um acordo de licenciamento open-source na condição do código fonte mostrar uma declaração onde se indique que pode incluir propriedade intelectual da Microsoft.



A Fundação da Apache, concluiu que não "implementará o Sender ID a não ser que os problemas de licença se resolvam de maneira aceitável", insistindo que é contrário "combinar direitos de propriedade intelectual sobre a infra-estrutura de Internet".



A Debian e a fundação Apache apelaram igualmente à Internet Engineering Task Force (IETF), que está a supervisionar o projecto, para reforçar os seus procedimentos no que diz respeito a futuras tecnologias que integram a infra-estrutura da Internet para que esta permaneça livre, sem direitos de propriedade intelectual que a limitem.



Notícias Relacionadas:

2004-02-25 - Yahoo e Sendmail desenvolvem sistema de autentificação de emails

2003-04-28 - Yahoo!, AOL e Microsoft unem-se no combate ao spam

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.