A Amazon apresentou um novo drone na sua conferência Re: Mars, em Las Vegas, na passada quarta-feira. O novo dispositivo pode voar até 24 km e tem capacidade para entregar pacotes até 2,3 kg. O drone descola verticalmente, como um helicóptero, mas uma vez no ar pode voar como um avião, à semelhança de um caça Lockheed Martin F-35 Lightning II.

Ainda sem nome atribuído, o drone será pilotado de forma autónoma, utilizando uma série de sensores. A Amazon afirma que os clientes podem esperar suas entregas em 30 minutos, no âmbito do programa de entrega por drones que se irá chamar Prime Air.

Jeff Wilke, diretor da Amazon, afirma que “com a ajuda da nossa rede de fornecimento e entrega de classe mundial, esperamos escalar a Prime Air de forma rápida e eficiente, entregando pacotes via drone aos clientes dentro de alguns meses".

Jeff Bezos anunciou pela primeira vez o programa Prime Air em 2013, durante uma entrevista no programa da CBS "60 Minutes". O seu primeiro teste público realizou-se em 2016 em Cambridge, Inglaterra, mas os drones da Amazon tiveram de passar por algumas revisões completas de design nos últimos seis anos. Antes deste anúncio de quarta-feira, não se sabia ao certo quando a entrega por drones se tornaria uma realidade para a Amazon.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.