Ainda há esperança para muitos fãs de videojogos, com o desejo de ter uma PlayStation 5, de comprar uma consola antes do final do ano. Foi a Sony que salientou numa mensagem na sua conta oficial no Twitter. “Queremos agradecer aos gamers em todo o mundo por tornar o lançamento da PlayStation 5 o maior de sempre”, escreveu, salientando que a procura da consola foi algo sem precedentes.

E para tentar aliviar a frustração de quem não teve oportunidade para comprar a PS5, a Sony assegura que há mais unidades a chegarem às lojas antes do fim do ano.

A Microsoft também referiu que a Xbox Series X|S foi igualmente o seu maior lançamento, diz a Digital Trends, salientando que embora não tenham sido avançados números de vendas, os mesmos terão de ter ultrapassado o milhão de unidades, para bater os registos das gerações anteriores.

Estima-se mesmo, segundo dados da VGchartz, website especialista em analisar dados da indústria dos videojogos, que a PS5 terá vendido entre 2,1 a 2,5 milhões de unidades em todo o mundo nos dois dias de lançamento (12 e 19 de novembro). Nos Estados unidos terá vendido entre 1 a 1,2 milhões de unidades. No lançamento na Europa (e no resto do mundo) a PS5 terá vendido entre 800 a 900 mil unidades, sendo a maioria em solo europeu. Só no Reino Unido estima-se que foram vendidas entre 230 a 280 mil unidades, seguindo-se França com 105/125 mil e a Alemanha entre as 115/140 mil consolas.

É curioso como a falta de stock oficial para satisfazer os pedidos está a ser muito bem aproveitado por grupos de indivíduos que compram as consolas, para as vender (bem) mais caras que o preço normal, os chamados “scalpers”. Um desses grupos terá mesmo um stock superior à de qualquer cadeia oficial de venda. Segundo o Business Insider, um grupo do Reino Unido conseguiu angariar um stock de 3.500 consolas, com o intuito de as revender a preços que podem chegar a mais do dobro do seu valor, para os fãs mais desesperados, que não se importam de pagar. A PS5 digital estava a ser vendida por 900 dólares, quando custa 400, e a versão normal a 1.100 quando custa 500.

Esse grupo, que dá como nome CrepChiefNotify, mobilizou no Discord os utilizadores para comprar o máximo de consolas que pudessem, para depois revender. Os membros são especialistas em comprar, porque “sabem onde ir, antes mesmo de ser anunciado”. Esta empresa é composta por 12 funcionários, que tratam de estar atentos a todos os websites quando anunciam a disponibilidade dos produtos.

E no caso da PlayStation 5 foram utilizados bots para ajudar a garantir, quase a 100% que pelo menos um membro consegui obter uma consola. O software permite ultrapassar tempos de espera, saltar filas e até comprar mais rapidamente os produtos que qualquer humano conseguiria.

Desde há um ano que o website oferece um serviço de assinatura aos seus membros, desde os 40 dólares até aos 530 dólares, dando acesso a diferentes serviços para facilitar a aquisição de produtos com potencial para esgotar e que podem ser depois revendidos com um bom lucro. E tanto podem ser consolas, como ténis de marca, smartphones ou qualquer outro produto. E há competições entre grupos de scalpers, para ver quem consegue obter mais stock neste tipo de lançamentos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.