A notícia surge na altura em que a empresa dá por concluídas as investigações ao que aconteceu em Cape Canaveral, no início de setembro, quando um dos seus Falcon 9 explodiu, durante um teste de ignição, a dois dias de ser lançado.

O processo de análise ao sucedido foi conduzido em parceria com a NASA e com a Federação de Aviação dos Estados Unidos e envolveu a revisão pormenorizada de todos os materiais de gravação e dados recolhidos, assim como testes nas instalações da SpaceX em Hawthorne, na Califórnia, e McGregor, no Texas.

As agências e a empresa chegaram à conclusão de que um dos dispositivos de pressão envolvidos no sistema do tanque líquido de oxigénio do foguetão falhou.

Investigação concluída, a SpaceX marcou para o próximo domingo, dia 8 de janeiro, o lançamento de mais um dos seus rockets Falcon 9, destinado a levar alguns satélites para o espaço - tal como teria acontecido há quatro meses, não fosse a explosão - desta vez para a Iridium Communications.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.