O serviço chama-se Library Lending, vai estar acessível para todas as gerações de dispositivos e aplicações Kindle e colocará à disposição dos norte-americanos, "mercado" ao qual está circunscrito (pelo menos por enquanto), livros provenientes de mais de 11 mil bibliotecas.

"Os nossos clientes poderão pedir determinado livro na biblioteca mais próxima e começar a lê-lo a partir de qualquer dispositivo Kindle ou aplicação gratuita para Android, iPad, iPod touch, iPhone, PC, Mac, BlackBerry ou Windows Phone", refere a gigante do comércio electrónico no comunicado onde anuncia o novo serviço.

A Amazon destaca a importância da tecnologia Whispersync, que permite sincronizar leituras entre dispositivos diferentes e fazer notas à margem dos ebooks consultados, e que será integrada no novo serviço. Tal significa que os utilizadores poderão sincronizar dados de leitura, assim como fazer anotações nos livros digitais pedidos às bibliotecas.

"Os livros requisitados mais do que uma vez ou consultados num primeiro momento a partir de uma biblioteca e depois adquiridos mantêm as anotações e bookmarks do utilizador", explica a retalhista.

Sobre o mesmo assunto, a Amazon assegura que essas anotações não poderão ser vistas por outras pessoas que requisitem o mesmo ebook. "Mas se consultar o livro mais do que uma vez ou, consequentemente, se o comprar, as suas notas estarão lá tal como as deixou perfeitamente 'Whispersincronizadas'".

Recorde-se que a gama de dispositivos Kindle cresceu recentemente com o lançamento do Kindle with Special Offers, um leitor de ebooks de preço reduzido (mas não muito) graças à integração de publicidade.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.