A Microsoft solicitou aos fornecedores de componentes para a consola Xbox que efectuassem "ajustamentos aplicáveis" ao número de unidades encomendadas, depois de ter ficado a saber que as vendas da sua máquina de jogos vídeo se situaram na margem inferior das suas previsões para o último trimestre de 2002, noticiou a Reuters.

Este comunicado, divulgado pela companhia, seguiu-se ao anúncio pela Focus Enhancements, uma
firma que fabrica os chips codificadores de vídeo para a Xbox, que foi informada pela gigante de software que as quantidades de componentes que a Microsoft necessita para o primeiro semestre de 2003 foram reduzidas devido ao facto das vendas da consola na época do Natal se terem situado no limiar inferior das estimativas da companhia.

O aviso feito à Focus, fabricante dos chips codificadores de vídeo
FS453/454 para a Xbox foi seguido por uma nota do banco de investimento Friedman Billings Ramsey em que se previa que a Nvidia, empresa que fabrica os processadores gráficos empregues pela consola, iria também assistir a uma diminuição das encomendas de chips pela Microsoft.

"Dado acreditarmos que a Microsoft efectuou encomendas a mais de componentes da Xbox e enfrentar agora uma correcção do inventário, esperamos que a Nvidia forneça cerca de cinco milhões de chipsets à Microsoft no ano fiscal de 2004, representando uma descida em comparação com os anteriores oito milhões", afirmou o analista Eric Rothdeutsch numa nota.

Segundo Rothdeutsch, esta diminuição das encomendas deverá representar uma descida de 150 milhões de dólares em receitas para o ano fiscal de 2004, em comparação com o 2003 fiscal da Nvidia, que termina este mês. Durante o seu terceiro trimestre fiscal, as receitas da Nvidia com origem nos produtos para a Xbox diminuíram 40 milhões de dólares, em relação aos três meses anteriores, tendo a companhia afirmado em Novembro que as suas receitas com origem na Xbox para o quarto trimestre deveriam registar um crescimento nulo.

O fraco desempenho em termos de vendas obtido pela Xbox durante a época do Natal fica patente no facto da Microsoft ter quase duplicado as suas perdas com a consola durante o trimestre que terminou em Dezembro. Um ano antes, a companhia tinha registado nessa unidade lucros de 2,11 mil milhões de dólares e receitas de 2,68 mil milhões de dólares. O
segmento Information Worker, que inclui o pacote de aplicações de produtividade Office, contou com 2,41 mil milhões de receitas e um lucro operacional de 1,88 mil milhões de dólares, face aos 2,2 mil milhões de dólares de receitas e 1,74 mil milhões de dólares de lucros registados um ano antes.

Notícias Relacionadas:
2002-12-23 - Vendas da Xbox em alta antes do Natal

2002-10-29 - XBox em pacote de Natal com jogos Sega a partir de Novembro
2002-06-25 - Concorrência entre consolas provoca crescimento recorde das
vendas de jogos vídeo

2002-03-25 - Microsoft afirma que lançamento europeu da Xbox foi um
sucesso

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.