As versões não oficiais já tinham circulado na Internet, em imagens e versões que podiam ser instaladas pelos mais afoitos, mas a verdadeira preview técnica estará disponível só amanhã, no link http://preview.windows.com.

As principais novidades foram reveladas hoje durante a conferência que a Microsoft fez em São Francisco e que foi replicada em várias cidades.

Mas a Microsoft está a dividir as novidades em várias "fatias": hoje o lançamento está mais focado na versão empresarial, com o programa de participação aberto à comunidade, mas no início de 2015 serão mostradas as funcionalidades mais viradas para o utilizador final. A parte do desenvolvimento foi reservada para a conferência Build do próximo ano (em junho) e finalmente a versão final deve chegar às mãos dos consumidores só mais no final do próximo ano.

Como se vê nas imagens, o até agora conhecido com o nome de código Threshold, o novo Windows 10 recupera o saudoso Menu de Início, o Start Menu, mas o destaque é também colocado na fluidez, no interface igual em todas as plataformas e na facilidade de alternância entre aplicações

O objetivo de ter a mesma experiência nos vários equipamentos e plataformas já vem do Windows 8, mas aprofunda-se agora: da Xbox aos PCs, telemóveis e tablets, mas também aos gadgets mais pequenos, o interface é o mesmo e as aplicações devem correr da mesma forma.

As novidades incluídas na preview técnica são:


  • Menu de Início alargado - o regresso do menu dá acesso a várias funções, e às aplicações mais usadas, com um espaço que pode ser personalizado com as aplicações favoritas, programas, pessoas e sites
  • Apps numa janela - as aplicações da loja do Windows podem ser abertas no mesmo formato que os programas tradicionais de desktop e podem ser redimensionadas e movidas pelo ambiente de trabalho
  • Melhorias na mudança de aplicações - alternar entre diferentes apps é mais fácil e intuitivo, com um interface que permite ter quatro aplicações no mesmo ecrã
  • Visualização de tarefas - há um novo botão para ver as aplicações abertas e ficheiros, permitindo mudanças rápidas e acesso fácil
  • Vários desktops - em vez de muitas aplicações e vários ficheiros sobrepostos num único ambiente de trabalho o Windows 10 permite criar diversos ambientes que podem ser usados de forma alternada consoante os propósitos e projetos, incluindo ambientes pessoais e profissionais separados

Veja o vídeo apresentado por Joe Belfiore, Windows VP, que recomenda cuidado na instalação que fica disponível amanhã.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.