É sabido que o hardware da Xbox Series X, que tem data de lançamento para o próximo dia 10 de novembro, é superior à atual joia da coroa da Microsoft, a Xbox One X. A dúvida sempre quão mais rápida seria. Alguns dos principais websites de gaming dos Estados Unidos já tiveram acesso à sua unidade de testes, e para já, apenas podem partilhar algumas informações, em jeito de antevisão antecipada. E um dos testes realizados tem a ver com o tempo que a nova consola demora a carregar jogos atuais, em comparação com a Xbox One X, o atual modelo mais poderoso da família.

De todos os testes a conclusão parece ser coerente: a nova Xbox Series X é de facto bem mais rápida nos loadings, o que por si já é uma excelente notícia para os jogadores que pretendem comprar a consola, mantendo a sua coleção de jogos. Foi dado o exemplo de Destiny 2, que na “antiga” consola demora mais de um minuto a carregar um planeta, enquanto que na nova o tempo é cortado para metade, cerca de 30 segundos.

Geoff Keighley, o responsável pelo Game Awards, salientou na sua conta no Twitter a mesma opinião: “os tempos de carregamento melhoraram bastante no geral”, destacando que testou jogos como Fortnite, Call of Duty: Warzone, Ori and the Will of Whisps e Batman: Arkham Knight. Até títulos mais antigos como COD: Modern Warfare 2 e Gears of War nas suas versões de disco da Xbox 360 foram testados, resultando em carregamentos mais rápidos.

Também o Quick Resume foi registado positivamente, como uma ferramenta que vai fazer toda a diferença na experiência dos jogadores, sendo mesmo comparado à mudança de aplicações do Windows através do Alt+TAB.

O SSD que suporta a Xbox Series X acaba por ser fulcral no desempenho, mas também a arquitetura Velocity.

Outra publicação, o Gamespot, refere que a consola reduz os tempos de carregamento, no geral, em 70-80% que demoraria na anterior consola. Os testes basearam-se no tempo que demora a carregar o jogo, desde o ecrã principal do título, até ao carregamento do ficheiro de save da posição da partida. Mas também o tempo que o jogo demora a carregar desde a dashboard até ao menu.

Outro aspeto que tem deixado as publicações rendidas é que a performance notada dos jogos é visível em títulos que nem sequer foram produzidos com as novas tecnologias e arquitetura em mente. Estas estão puramente a tirar vantagem da velocidade proporcionada pelo próprio hardware da consola.

A opinião geral, neste primeiro contacto, é que os jogadores vão mesmo passar mais tempo a jogar, do que também a olhar para os ecrãs de carregamento…

De recordar que a Microsoft já abrou as pré-reservas das suas duas novas consolas, a Xbox Series X e a versão digital mais em conta Xbox Series S. Poderá visitar as respetivas páginas na Microsoft Store e fazer a pré-compra da Series X e Series S, que podem ser adquiridas por 499,99 euros e 299,99 euros, respetivamente. Portugal está incluído no lote de 37 países que recebem as novas plataformas de jogos.

Mas atenção nas encomendas, pois devido à aproximação dos nomes das consolas da atual e futura geração, muitos utilizadores terão feito reservas, por engano, da atual Xbox One X. A Amazon terá mesmo apresentado um banner automático que indicava uma subida de 747% nas vendas da Xbox One X no início das pré-encomendas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.