Os dados disponibilizados pelo INPI detalham que no número total de pedidos de patentes recebidas, 867 chegaram por via nacional - onde as solicitações cresceram cerca de 8% - e 3.773 pretendiam ver validadas em Portugal patentes europeias.



Destaque ainda para o impacto dos Pedidos Provisórios de Patentes nos pedidos recebidos pela via nacional. Em 2013 existiram 510 processos deste tipo, contra os 458 que o INPI tinha recebido um ano antes.



Esta modalidade permite acelerar o pedido de proteção do invento, simplificando o processo e viabilizando a divulgação pública da invenção, enquanto o pedido é formalizado. Pretende facilitar a vida às empresas que não têm capacidade financeira ou tempo para recorrer à via tradicional, mais burocrática e demorada.



A patente provisória é válida por um período máximo de 12 meses, podendo ser convertida em patente definitiva.



Na nota publicada no seu site, o INPI também indica os dados provisórios da Organização Mundial da Propriedade Intelectual que indica 131 pedidos de origem portuguesa (131) apurados até Outubro de 2013, um número que ultrapassa o total e pedidos com a mesma origem apurados em todo o ano anterior, 129.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.