A intenção está demonstrada na patente Method and System For Anticipatory Package Shipping, registada recentemente junto da entidade norte-americana para esse efeito, com a ideia de que a empresa vai recorrer a padrões de compra para determinar qual será a próxima aquisição de determinado cliente.

O sistema prevê ainda o alojamento dos produtos "adivinhados" no armazém mais próximo do consumidor responsável por aquela futura encomenda, enquanto a mesma não é efetivada.

Segundo o Wall Street Journal, que avança a notícia, a patente registada chega a sugerir que o produto seja entregue na mesma se o algoritmo falhar, como oferta a alguém que embora não tenha chegado a comprá-lo, a análise demonstre ser do seu agrado.

A entrega gratuita deverá acontecer quando os custos de devolução à origem sejam superiores à oferta.

[caption][/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.