A America Online (AOL) anunciou ontem que despediu 50 funcionários que estavam a trabalhar no desenvolvimento de uma nova versão do seu web browser na sua subsidiária Netscape Communications. Esta medida afecta dez por cento dos efectivos da última empresa, anunciou um representante da AOL que aproveitou para acrescentar que a sua companhia pensa continuar a suportar as versões currentes do browser da Netscape e respectivo site na Internet, noticiou o site News.com.



"A Netscape continua a ser uma parte fundamental da nossa estratégia de multi-marcas. Por essa mesma razão vamos continuar a suportar o browser e o portal [da Netscape]", adiantou ao mesmo site Andrew Weinstein, porta voz da America Online.



Estas dispensas assinalam o mais recente revés da Netscape Communications que tem travado uma batalha inglória com a Microsoft na disputa do mercado dos browsers, o qual é dominado esmagadoramente (cerca de 90 por cento segundo um estudo publicado pelo Google) pelo Internet Explorer da empresa de Bill Gates.



Recorde-se que já no mês passado a Netscape havia sofrido um considerável rombo, quando a AOL anunciou a assinatura de um acordo com a Microsoft que garantia que o Internet Explorer iria ser usado como browser pelos assinantes do seu portal durante os próximos sete anos.



Notícias Relacionadas:

2003-05-30 - Microsoft e AOL põem fim à guerra dos browsers através de acordo

2003-01-30 - AOL Time Warner com os piores resultados de sempre na história empresarial americana

2002-05-22 - AOL disponibiliza versão de teste do novo Netscape e renova site da marca

2002-01-23 - AOL usa política de promoção do Internet Explorer para processar a Microsoft

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.