Com o mote “Não é preciso ver para crer”, a APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) lançou uma campanha que pretende destacar a frequência dos crimes associados ao mundo digital, assim como a sua omnipresença no quotidiano da sociedade. A campanha contra o cibercrime foi idealizada pela CARMEN, a agência criativa portuguesa da YoungNetwork Group.

A iniciativa decorreu entre o dia 21 a 27 de setembro através da realização da Exposição de Armas do Séc. XXI, nas carpintarias de São Lázaro em Lisboa. Ricardo Estrela, porta-voz da APAV, refere que: “Com esta Campanha pretendemos sensibilizar a sociedade em geral para a magnitude dos problemas em torno do cibercrime. Agora responsáveis pela Linha Internet Segura, queremos apoiar o maior número de vítimas possível e ajudar no combate aos crimes digitais”.

A ideia da exposição foi passar ao público a ideia de que este iria assistir a uma montra de equipamentos militares, e na realidade esta revelou-se ser uma exibição de equipamentos digitais, tais como telemóveis, computadores, e outras “armas” que permitem perpetuar cibercrimes.

Agora sob responsabilidade da APAV, a Linha Internet Segura está disponível através do número 800 219 090 (dias úteis entre as 9h e as 21h) ou do email linhainternetsegura@apav.pt. O apoio é confidencial e gratuito. Os conteúdos ilegais podem ser denunciados online.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.