Todos os vídeos de artistas ligados à Warner Music vão sair do YouTube. As empresas estavam em negociações para revalidar o contrato que dava ao site de vídeos o direito de publicar os conteúdos musicais da editora na sua rede, mas o processo correu mal e a renovação do contrato não vai acontecer.

A Warner foi a primeira discográfica a assinar com o YouTube e mantinha os seus vídeos na plataforma desde 2006, recebendo em troca parte das receitas publicitárias geradas pelo canal.

Sendo uma das maiores discográficas do mundo a Warner representa artistas tão conhecidos como Madonna, Red Hot Chili Peppers ou Sheryl Crow e é responsável por milhares de vídeos disponibilizados na plataforma.

O fim das negociações aconteceu porque a Warner insistia em elevar a sua percentagem de receita, calculada com base no número de utilizadores da plataforma. Num comunicado, o grupo explica: "não podemos aceitar um acordo que não nos compense os nossos artistas".

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.