Uma pandemia que provocou cerca de 4.300 mortes e infetou mais de 125 mil não parece ser propriamente uma coisa engraçada. No entanto, os memes são para muitos internautas uma forma de lidar com a ansiedade e, por vezes com o pânico, trazido por esta situação.

No mundo da Internet, são muitos os memes acerca d0 COVID-19, indo desde o ofensivo a constatações humorísticas das novas condições de vida impostas devido à rápida propagação da doença. Um dos tipos de meme mais populares relaciona-se com a reação à corrida desenfreada aos supermercados em todo o mundo, em especial, à falta de papel higiénico nos estabelecimentos comerciais.

Veja alguns dos principais memes que circulam online sobre o Covid-19

Covid-19: Como se estão a preparar as principais empresas portuguesas?
Covid-19: Como se estão a preparar as principais empresas portuguesas?
Ver artigo

O teletrabalho tornou-se uma das recomendações de muitas empresas perante a pandemia e Portugal não foi uma exceção à regra. Para alguns internautas, pouco adaptados ao mundo do trabalho em casa, a nova realidade tornou-se um pretexto para fazer memes: desde os companheiros felpudos que querem dar uma “ajuda” aos desaires das videoconferências.

Em tempos de Coronavírus, os habituais cumprimentos tornaram-se desaconselhados. No entanto, a Internet volta a demonstrar que a criatividade não conhece limites e os “apertos de mão alternativos”, como o “Wuhan shake” também se tornaram virais.

Para além dos memes que dão algum conforto aos espíritos já cansados, surge igualmente a controvérsia, pois os memes com conotações mais racistas também se tornaram populares. Por exemplo, ainda em fevereiro, o conhecido YouTuber Pewdiepie voltou a estar nas bocas do mundo pelos piores motivos, porque as piadas feitas num recente vídeo não caíram muito bem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.