A Devolo apresentou a sua nova geração de produtos Wi-fi baseados em powerlines. Marcel Schüll da Devolo começou por fazer uma viagem nostálgica aos computadores e a ligação à internet por modems de 56 kbits, de como eram arcaicos, fazendo ponte com as ligações com a atualidade, numa mudança em que cada divisão da casa necessita ser alimentada por internet.

A tecnologia oferece desde sempre as suas soluções baseadas em powerlines, transportando o sinal de internet através das tomadas de eletricidade. A empresa garante que esta é a forma de contornar o problema imposto por paredes e tetos que bloqueiam o sinal sem fios. Ainda relativamente aos sistemas wireless, a empresa refere que os equipamentos de fraca qualidade fornecidos pelos operadores podem limitar também a velocidade.

A nova solução da empresa passa pelo sistema nativo Devolo Mesh Wi-fi, convidando a desligar por completo o router Wi-fi da casa, substituindo-o pelos adaptadores Mesh da marca. Ou seja, o primeiro equipamento é ligado diretamente ao router da casa, mas anulando o seu sinal, deixando o sistema da Devolo distribuir o sinal Wi-Fi logo no ponto de partida, abrindo o sistema Mesh Wi-fi e ao mesmo tempo partilhar pelo circuito elétrico. Assim, as paredes e os tetos da casa deixam de ser obstáculos à circulação do sinal. Isto porque os adaptadores comunicam entre si através do circuito elétrico e também no sistema Mesh Wi-fi.

A vantagem do seu sistema é que ao percorrer pela casa, os equipamentos mudam automaticamente para o melhor sinal, mantendo a ligação sempre na máxima capacidade. A empresa refere que todos os adaptadores obedecem às mesmas credenciais de utilização. Ou seja, um único SSID.

Outra vantagem destacada é a capacidade de bandsteering, em que os equipamentos são geridos automaticamente, arrumados na melhor banda de sinal. Numa comparação a um polícia sinaleiro, que distribui o trânsito pelos melhores caminhos. E neste caso, a média de equipamentos ligados por Wi-fi em casa é atualmente 12.

O novo sistema mesh Wi-fi da Devolo tirar partido da tecnologia Um-MIMO (Multi User, Multiple Impute, Multiple Output), ou seja, o equipamento distribui múltiplos sinais de rede para os diferentes dispositivos conectados, sejam consolas, computadores, smartphones, etc.

Tem ainda o sistema de Beamforming, ou seja, o equipamento aponta o sinal para o utilizador, mesmo este se mova, a direção é sempre garantida, acompanhando o cliente. As paredes e os tetos não bloqueiam o sinal, refere Marcel Schüll, devido à constante comunicação dos equipamentos via powerline.

Destaca ainda a facilidade de configuração de toda a rede em casa, através da app, assim como criar uma rede à parte para visitantes, que se ligam usando apenas um código QR.

tek devolo Mesh wifi 2

O preço do starter kit Devolo Mesh Wifi 2 é de 249,90 euros e o kit Multiroom, com três adaptadores, custa 269,90 euros. A empresa refere que os novos sistemas são compatíveis com o Devolo Magic e todos os routers do mercado.

A Devolo refere que a empresa cresceu no último ano, muito graças à procura de soluções para melhorar a internet durante o período pandémico, mesmo sem avançar números para Portugal. Salienta sobretudo os novos clientes que angariados, que compraram novos starter kits, e os que adquiriram novos adaptadores para espalhar pela casa.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.