O Conselho de Ministros aprovou hoje um Decreto-lei que prevê a realização por via electrónica de todos os processos de candidatura a apoios financeiros do Estado, concedidos através do Ministério da Cultura. Em comunicado explica-se que o objectivo é introduzir "mecanismos de celeridade" na apreciação dos projectos.



Com a mesma meta todos os processos de candidatura e respectiva avaliação serão tornados públicos na Internet, através do site do Instituto das Artes, acrescenta o mesmo documento.



O diploma que estabelece o regime de atribuição de apoios financeiros do Estado às artes alinha um conjunto de princípios, sublinhando a intenção de "proceder à desburocratização e desmaterialização de procedimentos, tornando-os mais simples, mais céleres e mais transparentes".



Até à hora de fecho da peça não foi possível contactar o Ministério da Cultura para obter mais pormenores sobre o diploma.



Notícias Relacionadas:

2005-01-04 - Rede de Cinema Digital quer cativar mais público para conteúdos nacionais

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.