Os acessos gerados através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, representam, atualmente, 10% do tráfego Internet em todo o mundo.



O valor até pode parecer baixo, mas impressiona principalmente pelo crescimento que reflete, já que em finais de 2010 era de apenas 3,81%. A análise é feita pela Pingdom.



A Ásia é a região do mundo com maior quota de acessos através de equipamentos móveis (17,84%), assim como aquela onde o índice mais cresceu nos últimos dois anos (192,46%).



Segue-se o continente africano com 14,85% de quota, depois de um crescimento de 155,59% desde 2010, e a América do Norte, com uma taxa bastante mais afastada, de 7,96%, face ao menor crescimento analisado: 69%.



Embora mantenha uma quota de apenas 5,13%, a região da Europa registou a segunda maior subida (183,43%), já que em 2010 os acessos à Internet através de telemóvel ou tablet representavam apenas 1,81% do total.



Por país, a Índia lidera com uma quota de 48,87%, seguida da Zâmbia (47,9%) e do Sudão (44,95%), aponta a Pingdom.



O Reino Unido é o primeiro país da Europa a surgir na listagem mundial, com os acessos gerados através de dispositivos móveis a representarem 10,71% do tráfego Internet. O valor está acima do registado nos Estados Unidos, onde o tráfego móvel representa 8,61% do tráfego Web total.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.