Foi ontem apresentado o programa de simplificação administrativa iSimplex 2019. Com o lema “Inovação que muda a sua vida”, o iSimplex2019 propõe soluções que têm como objetivo reforçar a componente tecnológica das pessoas, das empresas e dos serviços públicos.

No total, são 119 as medidas de modernização previstas, organizadas em cinco eixos: “interagir uma só vez”, “partilhar e reutilizar”, “digital por omissão”, “economia comportamental” e “tecnologias emergentes”.

Entre as medidas relativas ao eixo “tecnologias emergentes”, como a inteligência artificial e o blockchain, o governo destaca quatro. São elas “RodovIA mais segura”, “Participa 5.0”, “Combate à Violência Doméstica” e “Abandono Inferior no ensino Superior”.

Com a medida “RodovIA mais segura”, pretende-se desenvolver um sistema de vigilância da sinistralidade rodoviária através de modelos de análise de dados que permitam conhecer e prever a sinistralidade em função de fatores externos (como por exemplo, condições meteorológicas, luminosidade ou tráfego). Estes modelos deverão ser capazes de apresentar, em tempo real, alertas de alteração de padrões de sinistralidade, determinantes para suportar medidas preventivas de segurança no ambiente rodoviário.

“Participa 5.0” tem como objetivo criar uma plataforma única para dar suporte facultativo aos procedimentos participativos e de cidadania existentes nas autarquias, fazendo uso de tecnologia blockchain para a atribuição dos votos aos cidadãos.

No âmbito do “Combate à Violência Doméstica” será desenvolvido um projeto-piloto para utilização de inteligência artificial na prevenção de situações de violência doméstica que permita reconhecer padrões e traçar medidas de intervenção ou mitigação das situações em causa.

Também com recurso a inteligência artificial, a medida “Abandono Inferior no ensino Superior” visa criar um sistema que integre e agregue informação proveniente de diversas fontes para permitir o desenvolvimento e implementação de um modelo preditivo de análise de dados. O objetivo é identificar indicadores de situações de risco de abandono e criar um mecanismo de suporte ao processo decisório, tornando possível o ajustamento das políticas e uma ação com carácter preventivo.

O Simplex foi lançado em 2006 como uma estratégia de modernização administrativa transversal ao Governo e serviços da administração pública central e local. Todas as informações sobre o programa, incluindo a descrição pormenorizada sobre cada uma das novas 119 medidas, podem ser consultadas no site oficial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.