O Facebook é atualmente uma ferramenta poderosa para vários tipos de utilizações, quer seja para fins pessoais ou profissionais. Estados, fotografias partilhadas, grupos, vídeos... existe de tudo um pouco no serviço que é atualmente utilizado diariamente por 890 milhões de pessoas.

Mas o facto de esta ser uma rede social tão completa leva a que por vezes existam funcionalidades que se tornam pouco úteis, ou até mesmo perturbadoras, devido à sua utilização excessiva ou inapropriada. Se é um utilizador regular do Facebook certamente vai rever-se em algumas destas situações:

Criação de eventos falsos

A criação de eventos foi uma ferramenta bem-vinda na rede social e é utilizada por pessoas que pretendem marcar uma festa de aniversário ou até mesmo uma reunião de negócios. Contudo, surgiu recentemente uma "praga" que leva à criação de eventos por toda e qualquer razão, seja ela um acontecimento real ou não, o que acaba por prejudicar uma "navegação limpa" pelo feed de notícias.

[caption]Facebook[/caption]

A geração universitária "gosta" especialmente de certos eventos como "Procissão de velas para salvar o semestre" ou um evento com títulos enormes, o que desafia a navegação "saudável" pela rede social.

Demasiados convites para jogos e aplicações

Já lá vai o tempo em que o Farmville era a grande sensação da rede social de Mark Zuckerberg. Hoje em dia, os jogos não assumem um lugar tão destacado no Facebook, mas são pretexto para milhares de notificações todos os dias, afetando até mesmo utilizadores que nunca experimentaram qualquer título.

[caption]Facebook[/caption]

É possível desativar as notificações à medida que os convites vão chegando, mas não deixam de surgir novas apps todos os dias que ainda não estão contempladas na "censura". É mesmo quase impossível deixar de participar neste "jogo da paciência".

Ideias irritantes de tão boas que são

A equipa do Facebook é prestável e gosta de facilitar a vida das pessoas. Ao longo dos anos foram criadas várias ferramentas de retrospetiva, como a Look Back, a Say Thanks e, mais recentemente, a Year in Review. Em todas elas era possível recuar um pouco no tempo para ver o que de mais importante se passou, ou realçar a relação que se tem ou teve com alguém.

[caption]Facebook[/caption]

Apesar de as ideias serem boas e oferecem resultados originais, há um problema com tudo isto: há muito poucas pessoas interessadas em ver outros vídeos que não os seus. É fácil passar à frente e não carregar no "play", mas não há como não ser invadido por centenas de outros resultados que tornam difícil consultar a cronologia. Alguns vídeos deram mesmo problemas até ao próprio Facebook.

Demasiada publicidade

O algoritmo do Facebook oferece a possibilidade de esconder publicações de determinadas páginas ou amigos na cronologia, mas se há algo ao qual não se pode fugir é à publicidade. Esta é uma das principais fontes de rendimento do Facebook, mas que se torna especialmente intrusiva nas aplicações móveis, dado que as publicações patrocinadas ficam muito mais evidentes. E por falar em cronologia…

Ataques à privacidade

As publicações automáticas nos perfis pessoais não são uma novidade no Facebook, mas a rede social continua incapaz de controlar o malware que por vezes ataca os utilizadores e faz uso destas contas para espalhar publicidade não autorizada.

[caption]Facebook[/caption]

Para além disso, foi introduzida recente a reprodução automática de vídeos nas cronologias, tanto no site como nas aplicações móveis. Para quem tem páginas, isto trouxe uma maior interação e adesão por parte dos fãs, mas não deixa de ser um grande aliciante à procrastinação e ao consumo indevido de dados móveis.

Entre as melhores funcionalidades e os problemas que afetam a rede social, o Facebook é de longe a plataforma de interação mais usada pelos portugueses. E numa altura em que o aniversário está a chegar ao fim, fica a pergunta aos leitores: acham que o Facebook consegue atingir a "idade adulta", isto é, os 18 anos de vida?; o que deve ser melhorado na plataforma?; e que funcionalidades deviam desaparecer de uma vez por todas?

Seja para votos de um feliz aniversário ou para fazer críticas, a caixa de comentários espera pela sua opinião.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.