Uma falha de segurança fez com que muitos utilizadores do Facebook tenham recebido, nos últimos dias, emails de spam enviados em nome de amigos incluídos na sua lista de contactos na rede social, mas cujos endereços de email não eram os legítimos.

O problema foi reconhecido pela rede social que afirma já ter corrigido a vulnerabilidade, mas alerta para o facto de os spammers estarem ainda a recorrer às listas e amigos roubadas do serviço para enviar novos emails.

Num comunicado enviado à CNET, o Facebook admite ter identificado "recentemente" um ataque que tirava partido de contas comprometidas para ter acesso a informação das listas de amigos, "devido a uma desconfiguração" no site.

Segundo explicou a empresa, a falha já foi corrigida a semana passada e os cibercriminosos não estão agora em condições de copiar quaisquer dados do Facebook, mas estarão ainda a usar as informações recolhidas para insistir no envio de spam.

Isto significa que os utilizadores podem continuar a ser vítima das mensagens de email não solicitadas até que os fornecedores de serviços de email consigam localizar e neutralizar os emissores das mesmas, alerta o site especializado.

O Facebook acrescenta que melhorou as suas ferramentas de proteção contra este e outros tipos de ataque e que vai continuar a investigar o ocorrido, mas clarifica que nem as contas do Facebook foram comprometidas em massa, nem existiram fugas de informação privada.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.