A rede social MySpace está a ser alvo de quarto processos. Os autores são familiares de utilizadoras do serviço, menores, que alegadamente terão sido sexualmente abusadas por adultos que conhecerem online, enquanto acediam ao serviço.



As famílias de Nova Iorque, Texas, Pensilvânia e Carolina do Sul avançaram com quatro processos distintos acusando o site de negligência e fraude e pedem milhões de dólares de indemnizações pelos danos causados.



As adolescentes envolvidas nos casos de abuso sexual têm 14 e 15 anos. Num dos casos o abusador terá até já sido julgado e condenado a 10 anos de prisão.



"No nosso ponto de vista o MySpace esperou demais para tentar implementar medidas que aumentassem efectivamente a segurança dos seus utilizadores menores", sublinha um dos advogados das famílias.



O mesmo responsável diz acreditar que o processo possa funcionar como um alerta para o serviço e evitar a ocorrências de outras situações idênticas no futuro.



"O MySpace actua como um líder nas questões da segurança da Internet. Nós tomamos medidas pró-activas para proteger os nossos membros", responde o chefe de segurança da empresa.



Antes de serem conhecidos os processos já vinham aumentando de tom as críticas de pais, professores e autoridades à exposição dos menores que utilizam o popular serviço. O MySpace, como a generalidade dos serviços deste género, incentiva os seus utilizadores a expandirem a rede de contactos, entretanto em comunicação com outros membros da rede.



Às críticas, o serviço respondeu com um conjunto de novas funcionalidades que impõem restrições na forma como os adultos podem contactar os utilizadores mais novos do serviço. A par com a medida, implementada há já algum tempo, a empresa anunciou na passada quarta feira que a partir do verão os pais de utilizadores menores do serviço vão poder consultar os dados de perfil dos seus filhos, onde se inclui a idade, muitas vezes falseada pelos jovens.



Já no ano passado o MySpace foi alvo de um processo judicial que se mantém em curso e que envolve uma adolescente de 14 anos e um pedido de indemnização de 30 milhões de dólares. A acusação é semelhante.



Notícias Relacionadas:

2007-01-17 - MySpace introduz software de controlo parental como medida de protecção a menores

2006-06-21 - Myspace reforça protecção de menores perante contactos de adultos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.