A Google continua empenhada em "acelerar a Web". A prová-lo está o mais recente lançamento da gigante das pesquisas que acaba de apresentar uma ferramenta destinada a aumentar, até 60 por cento, a velocidade de carregamento das páginas.

Chama-se Page Speed Service e vai buscar o conteúdo de um site (inscrito) aos servidores onde este se encontra alojado, reescrevendo as páginas com recurso "às melhores práticas" para um bom desempenho na Web, que chegam depois ao utilizador final a partir dos vários servidores da Google.

A explicação é dada na página do próprio serviço, onde a Google acrescenta que as melhorias ao nível da velocidade dependem de uma variedade de fatores, como sejam o tipo de conteúdos no site, o browser usado, a localização geográfica ou o tipo de acesso e largura de banda.

No site, a empresa disponibiliza também uma ferramenta para testar quão mais rápido seria o carregamento da página com recurso ao novo serviço. Nos testes levados a cabo pela Google, as melhorias situaram-se entre os 25% e os 60%, acrescenta.

Atualmente a novidade está acessível gratuitamente para um número reduzido de utilizadores, que devem inscrever-se através de um formulário disponibilizado para o efeito. Numa fase posterior, deverá passar a ser comercializado a "um preço competitivo", adianta a empresa.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.