Se utiliza o Flickr para armazenar fotografias, talvez seja hora de rever a sua conta. Esta terça-feira, dia 5 de fevereiro, a plataforma vai começar a apagar todas as imagens guardadas acima do limite máximo permitido aos utilizadores que não subscrevem uma modalidade premium. Falando em números, significa isto que todas as imagens guardadas para além da milésima unidade, serão eliminadas em definitivo.

Note que existem excepções para as fotografias licenciadas sob os princípios da Creative Commons, mas embora estas imagens estejam a salvo, a verdade é que o utilizador não poderá carregar novas fotografias enquanto a sua conta não tiver menos de 1.000 unidades guardadas. Para guardar mais de 1.000 imagens, terá de pagar uma subscrição, que custa 5,99 euros por mês.

Se não estiver a fim de subscrever um plano, saiba que a forma mais fácil de salvaguardar a existência destas fotografias é descarregá-las para o seu computador.

Esta condicionante à livre utilização do Flickr é uma imposição da nova gestão da empresa, que é agora detida pela Samsung. Anteriormente pertencia à Yahoo e disponibilizava 1TB de espaço a todos os utilizadores gratuitos, que tinham, em contrapartida, de assistir a alguns anúncios.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.