A Google adicionou uma nova ferramenta aos seus serviços que vai avisar os clientes da gigante sempre que as suas contas tenham sido alvo de tentativas de ataques que a Google considere terem sido "patrocinados" por entidades governamentais.

De agora em diante, os utilizadores que a gigante calculem terem sido vítimas de tentativas deste tipo de ataques verão surgir o aviso: "Alerta: Acreditamos que que cibercriminosos patrocinados por entidades estatais podem estar a tentar aceder à sua conta ou ao seu computador. Proteja-se".

A mensagem será apresentada, a quem ativar a funcionalidade, numa barra cor de rosa que surgirá no topo das páginas de alguns serviços da empresa, quando os utilizadores acedem aos mesmos, explicou o vice-presidente da área de segurança da companhia, Eric Grosse.

A palavra "proteja-se", contida no aviso, estará acompanhada de um link para uma página onde são detalhados alguns passos que podem ajudar os utilizadores a evitarem os ataques, detalha o responsável.

Entre as sugestões estão, por exemplo, a criação de palavras passe "fortes" (mais seguras e difíceis de decifrar por terceiros), a atualização do browser usado para a última versão disponível, bem como do sistema operativo, plugins e editores de documentos.

O anúncio foi feito terça-feira numa mensagem publicada num blog da empresa, que não mencionou qualquer governo ou países em concreto, mas antes tinha colocado em marcha medidas como o encerramento do seu motor de busca na China, alegando não estar disposta a compactuar com a "censura" imposta pelo governo do país, nota a Associated Press.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.