O motor de pesquisa Google deixou de apresentar resultados relativos ao site de partilha social de informação Digg. E numa tentativa de evitar que surgissem teorias da conspiração, a empresa de Mountain View já assumiu publicamente que tudo se tratou de um erro de gestão.

Enquanto a equipa de monitorização de conteúdos da Google estava a remover um link considerado como spam e que estava dentro do domínio Digg.com, um erro de operação acabou por aplicar o filtro de spam a todo o site e bloqueou todas as hiperligações do domínio no motor de busca.

[caption]Google Digg[/caption]

"Pedimos desculpa pelo inconveniente desta manhã às pessoas que estavam a pesquisar pelo Digg. Estamos a trabalhar numa resolução que deve surtir efeito dentro de pouco tempo", disse um porta-voz da Google a vários meios de comunicação internacionais.

Na altura de publicação deste artigo a situação já estava normalizada.

A situação pouco normal deu largas à imaginação de algumas pessoas e jornalistas que fizeram a ligação entre o facto de o Google Reader fechar e o Digg ter dito que ia construir uma plataforma de RSS como alternativa.

Uma outra teoria, que acabou por não se confirmar, apontava que o Digg estava a fazer um uso abusivo das técnicas de SEO e que o "desaparecimento" apareceu como um castigo da Google.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.