A modernização do comércio tradicional está na mira do Governo, que está a trabalhar com as associações do sector para lançar um plano estratégico que pretende levar novas ferramentas eletrónicas a estas empresas, anunciou ontem Carlos Oliveira, secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação.

O executivo pretende promover a competitividade destes micronegócios baseados no comércio tradicional e Carlos Oliveira defende que é necessária uma nova abordagem dos empresários, apostando na diferenciação e numa dinâmica diferente, cita a Agência Lusa.

Em parceria com a Confederação do Comércio em Portugal e outras associações do sector, além de municípios, o Governo está neste momento a fazer o levantamento das necessidades do comércio a nível do marketing, inovação e de novas formas de fazer comércio, que podem passar pela Internet.

O plano, que deverá ser lançado ainda em 2012, não se limita a apoios à modernização dos estabelecimentos e obras, apostando na adesão do comércio de rua às novas tecnologias, mas tem uma componente de apoios não financeiros.

À agência Lusa Carlos Oliveira referiu que os apoios para a entrada do pequeno comércio na economia digital podem passar por ter um website, um email e um pequeno software de faturação, o que colocará as empresas num nível de competitividade diferente do atual.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.