Apesar dos esforços feitos pelas empresas tecnológicas para a construção de uma Internet mais segura, a verdade é que o ambiente online parece cada vez menos seguro. Todos os dias falam-se de ataques e roubos informáticos – alguns de proporções gigantescas – e nada parece abrandar esta tendência.



Nada, menos a Google. A tecnológica de Mountain View é uma empresa privilegiada por mérito próprio – conseguiu construir um motor de pesquisa que em algumas localizações, como na Europa, tem 90% de quota de mercado. E o Google, como ferramenta, é uma montra das empresas para o mundo.



Agora a tecnológica de Mountain View está a usar a sua posição dominante para criar uma Internet mais segura. Os sites que usam um protocolo de comunicações de segurança, conhecido como SSL/TLS, vão ver melhoradas as suas posições no motor de busca.



A medida anunciada pela Google esta semana é um win-win para todos: a tecnológica fica vista como a “boa da fita”; as empresas sobem no motor de busca o que desde logo tem impacto na atividade económica; e os utilizadores também ganham por poderem usufruir de uma Internet que aos poucos vai tornar-se mais segura.



Mas como alerta o The Verge, ainda não é certo de que forma é que a nova medida também não vai afetar – desta vez negativamente – a experiência de utilização dos internautas. Em breve a primeira página de resultados do Google pode ser composta maioritariamente por sites seguros, mas que podem não ser aqueles que os utilizadores querem mesmo encontrar.



Este foi também o concretizar de mais um rumor. O TeK já tinha dado conta da possibilidade de a Google premiar os sites que tivessem maiores níveis de segurança. Mas de acordo com os rumores de abril, esta seria uma mudança que não se verificaria no curto prazo, mas que afinal acabou por avançar de forma rápida.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.