Em 2011, ano em que a Troika chegou a Portugal, foram colocados 1,7 milhões de anúncios no CustoJusto. Desde o início do ano até agora, e juntando os valores do OLX, o número de anúncios já ronda os 9 milhões, mostra uma reportagem da CMTV.

Mediante as centenas de milhares de artigos vendidos, o Custo Justo estima terem sido transacionados três mil milhões de euros em 2012, provando-se que estes sites já sejam a primeira escolha que muitas famílias encontram para adquirirem o que precisam ao mesmo tempo que poupam.

Por cada segundo que passa, 40 pessoas consultam um site de classificados online e a cada dia são colocados entre 15 a 20 mil anúncios novos de alguém que tem algo para vender.

Dizem os "peritos" entrevistados pela reportagem da CMTV que o segredo para vender artigos usados está em tirar boas fotos e fazer uma boa descrição do produto. Um bom método de organização dará uma ajuda para os vendedores mais ativos. Para quem compra as vantagens são o preço normalmente bastante mais baixo.

Segundo as empresas detentoras dos portais de classificados, os casos detetados de burla são ínfimos, não chegando aos 0,01%. Os conselhos vão sempre no sentido de as transações serem feitas "em mão".

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.