De acordo com um relatório da empresa de internet e serviços de cloud Akamai, entre novembro de 2017 e março de 2019 registaram-se 12 mil milhões de ataques de “credential stuffing” a sites de jogos.

Isto faz com que a comunidade gaming esteja entre os alvos com crescimento mais rápido em ataques deste tipo - em que os hackers usam credenciais roubadas para assumir o controlo de uma conta - e um dos alvos mais rentáveis para criminosos que procuram obter lucro rápido. Durante o mesmo período, a Akamai viu um total de 55 mil milhões de ataques de credential stuffing em todos os sectores.

Para Martin McKay, investigador da Akamai e diretor editorial do projeto, “um dos motivos pelos quais a indústria de jogos é um alvo atraente para hackers é porque os criminosos podem facilmente trocar itens dentro do jogo para obter lucro”. Martin McKay acrescenta que “para além disso, os gamers são um nicho demográfico conhecido por gastar dinheiro, o que também contribui para fazer deles um alvo tentador”.

O relatório também revela que os ataques SQL Injection (SQLi) representam agora 65,1% de todos os ataques da web, seguidos pelos ataques de Local File Inclusion (LFI) com 24,7%. Os dados do relatório mostram que os ataques SQLi continuaram a crescer a um ritmo alarmante, com um pico de atividade durante a temporada de compras de natal de 2018, mantendo uma tendência elevada desde esse período.

tek akamai

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.