A Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC) mandou retirar do ar um conjunto de sites que disponibilizam de forma ilegal filmes, músicas e materiais protegidos por direitos de autor. À PT, principal visada pela queixa que originou a notificação, cabe remover o acesso àqueles que se encontram alojados na rede Sapo.


A queixa em questão foi apresentada pelo Movimento Cívico Antipirataria na Internet, MAPiNET, que garante que os sites incorrem em actividades ilícitas.



A PT confirma ao TeK a recepção da notificação e diz que vai avançar com as medidas necessárias para analisar e fazer cumprir o pedido, mas garante que a maioria dos sites visados não fazem parte da rede SAPO.




Contactado pelo TeK, o IGAC confirmou que “foram efectuadas notificações à PT e SAPO, no passado dia 11 de Agosto, por via electrónica [...] por em regime de associação e/ou alojamento de conteúdos manter comunicação/disponibilização ao público de fonogramas e videogramas contendo obras e prestações artísticas protegidas pelo direito de autor e direitos conexos, sem que para tal alegadamente tivessem sido concedidas as necessárias autorizações por parte dos titulares ou dos seus representantes”.




Paula Andrade, inspectora-geral das actividades culturais, explica ainda que isto “configura a violação do disposto nos artigos 178.º e 184.º do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos”. Também acrescenta que as entidades contactadas são as visadas na queixa apresentada e que estas terão agora oportunidade de se defender, antes de uma decisão final, e que Ministério Público e Anacom também foram notificados.




Ao Diário Económico o organismo tinha referido que "foram notificadas várias entidades”, mas não foram divulgados outros nomes.




Ao todo estão implicados 28 sites, de acordo com a lista divulgada pelo Movimento Cívico Antipirataria na Internet (MAPiNET) – o mesmo que divulgou a notificação à PT -, que na verdade são 27, uma vez que estes se dividem por duas listas e um dos sites figura em ambas.



De acordo com a informação veiculada pelo MAPiNET, da notificação constam 23 sites cujo acesso deve ser impossibilitado a partir do portal Sapo e mais 4 que se encontram alojados nos servidores da empresa, sob o domínio sapo.pt, e que esta deve remover.



A PT defende-se dizendo que é exigente no controlo dos conteúdos não legitimos que possam estar ligados à sua rede e sublinha que entre os aqui referidos nessa condição há vários exemplos de serviços que remetem para outros, sem directamente incorrer em qualquer ilegalidade.
Os sites a que a notificação manda restringir o acesso também continuam disponíveis a partir de outros serviços, acrescenta a empresa.



De acordo com a lista fornecida pelo MAPiNET, e divulgada pelo Público, os sites a remover ou barrar acesso são os seguintes.


blogdownload.blogs.sapo.pt

downloadscompletos.blogs.sapo.pt

splegendas.no.sapo.pt/CCPMOD

cinema-em-casa.blogs.sapo.pt

mcluckyy.blogspot.com

www.tvgente.com

www.tugapirata.org

www.tuga-filmes.com

www.tugadownloads.com

www.superpiratas.com

www.sapotuga.com

www.piratatuga.net

www.pedrofsn.net

videotecafilmes.blogspot.com

tuga-musicas.blogspot.com

soupirata.net

sacar24h.blogspot.com

pt-downs.blogspot.com

portugalseries.net

pdclinks.net/fórum

jambtuga.blogspot.com

downloadfilmesgratis.blogspot.com

downloads-heaven.blogspot.com

downsportugal.blogspot.com

cinematuga.com

totilmania.the-up.com

fanaticosdownload.blogspot.com





Nota de Redacção: Respondendo às solicitações de alguns leitores, o TeK voltou a inserir na notícia a lista de sites em questão.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.