Os contactos de milhões de influencers do Instagram foram expostos online. O leak deu-se por falta de segurança na base de dados que estava alojada no Amazon Web Services sem qualquer password. Ao todo foram cerca de 49 milhões de registos que "caíram" na internet, sendo que, neste acervo, constavam números de telefone e endereços de correio eletrónico pertencentes a celebridades, influencers e marcas populares naquela rede social.

Anexado a cada um destes registos estava a geolocalização de cada conta, o email do proprietário da mesma e o número de telefone associado. Por último, uma estimativa de valor da conta, calculada com base nos seguidores, engagement e alcance.

Instagram: bug expôs stories de contas privadas a estranhos
Instagram: bug expôs stories de contas privadas a estranhos
Ver artigo

A base de dados foi detetada por Anurag Sen, especialista em cibersegurança. O TechCrunch conseguiu depois seguir-lhe o rasto e ligá-la à Chtrbox, uma empresa de social media com sede em Bombaim, Índia.

Contactada pelo TechCrunch, a empresa recusou comentar o caso. Ao Engadget, um porta-voz do Instagram disse estar em conversações com a Chtrbox para aferir onde é que estes dados foram obtidos e como é que se tornaram públicos.

O Facebook esclarece que, no Instagram, é proibido recolher dados de qualquer tipo. No entanto, no passado, já se registaram casos em que hackers tentaram vender dados de celebridades, obtidos no Instagram. Note também que a rede social não tem estado isenta de problemas relacionadas com a privacidade dos utilizadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.