Embora estejam preocupados com a segurança e privacidade online, os internautas apresentam comportamentos de risco no que respeita à utilização das redes sociais, revela um estudo divulgado hoje.

No dia em que rumores garantem que o Facebook já atingiu a marca dos 750 milhões de utilizadores, a ESET publica os resultados de uma análise segundo a qual 69 por cento daqueles que têm contas em redes sociais se dizem preocupados com a segurança e 67 por cento com a privacidade.

Apesar disso, um terço nunca alterou a palavra passe usada para aceder ao serviço e 15 por cento não a muda há mais de um ano. Cinquenta e cinco por cento afirmam actualizar as suas definições de privacidade de seis em seis meses, um número que os especialistas consideram problemático.

"Por exemplo, o Facebook torna extremamente difícil para os utilizadores saberem quando necessitam de actualizar as suas definições de segurança, porque normalmente não são lançados alertas para a introdução de novas alterações que afectam a privacidade dos utilizadores", exemplificam.

O estudo encomendado pela empresa de segurança foi levado a cabo este mês, com base em inquéritos a 2027 adultos, nos EUA, revela que um em cada dez inquiridos já se viu obrigado a reportar o acesso e utilização da sua conta por parte de um desconhecido, que se serviu da mesma para disseminar ligações maliciosas e comentários.

Entre os principais receios dos utilizadores está o de que alguém crie uma conta com o seu nome, num cenário em que 71 por cento dos entrevistados tem medo que a informação que colocam nas redes sociais seja vendida ou partilhada sem o seu conhecimento. Isso não os inibe, no entanto, de aceitar pedidos de amizade de desconhecidos, algo que 95 por cento admite fazer.

Entre as preocupações detectadas está ainda a relativa ao uso deste tipo de serviços pelas crianças, com 17 por cento dos entrevistados a dizerem-se preocupados com a utilização destas plataformas por parte dos seus filhos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.