O LinkedIn vai deixar cair a funcionalidade Stories, que permite fazer publicações em forma de vídeos na rede social. A plataforma tinha lançado a funcionalidade há cerca de um ano, mas concluiu entretanto que o formato não satisfaz as necessidades dos utilizadores e não vale a pena continuar a mantê-lo. Anunciou por isso que em setembro descontinua esta funcionalidade e que já está a trabalhar numa evolução das capacidades de vídeo da rede social, com mais ferramentas e que permita publicar este tipo de conteúdo de forma permanente e com uma ligação mais estruturada ao perfil de cada conta. 

"Quando desenvolvemos o Stories, assumimos que as pessoas não iriam querer vídeos informais ligados ao seu perfil e que a efemeridade reduziria as barreiras em relação à sua publicação", explica Liz Li, diretora sénior de produto do LinkedIn, numa nota publicada na plataforma

Num ano de Stories, a empresa diz que aprendeu mais algumas coisas sobre as preferências dos utilizadores nesta matéria. Concluiu, por exemplo, que quem usa o LinkedIn prefere “criar vídeos que perdurem e que permitam contar a sua história profissional de uma forma mais pessoal e que possa revelar a sua personalidade e a sua experiência profissional.  A empresa refere também ter concluído que os utilizadores querem mais ferramentas para criar vídeos, para além dos Stickers e da Pergunta do Dia, opções que o Stories já disponibiliza.  

Face à aprendizagem deste último ano deixa promessas: "estamos a usar essas aprendizagens para fazer evoluir o formato Stories para uma experiência de vídeo reimaginada através do LinkedIn, que será ainda mais rica".  A responsável de produto da rede social adianta já que isso vai passar pela adoção de "um mix de meios e ferramentas criativas", que vão permitir a criação de conteúdos vídeo "de uma forma consistente em toda a nossa plataforma" e mais integrada com a identidade profissional dos utilizadores. Ainda não há data para o lançamento destas novidades.

O Stories é uma opção que várias redes sociais integram e que em plataformas como o Instagram tem uma elevada popularidade. Nos últimos meses, a rede social do Facebook tem aliás feito várias atualizações à funcionalidade, trazendo para o Stories a possibilidade de partilhar publicações no Twitter, ou capacidades de tradução automática. A empresa confirmou também recentemente que está a desenvolver uma funcionalidade de Stories exclusivos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.