O Ministério da Educação acaba de colocar online as listas de colocação de professores do ensino básico e secundário para o ano lectivo de 2004/2005. Desta forma o ministério antecipa em dois dias o último prazo avançado para a publicação desta lista depois dos adiamentos causados pelos problemas com a aplicação informática adjudicada à Compta.



Os sindicatos estão agora a verificar a consistência desta nova lista, já que outras anteriormente publicadas na Internet tinham erros graves, o que levou à sua anulação. Alguns órgãos de comunicação social estão a avançar a notícia de que esta lista não terá sido produzida pelo método manual, entretanto posto em prática pelo ministério, mas sim por uma aplicação informática produzida em tempo recorde para substituir a que estava a ser implementada pela Compta. Esta informação não foi confirmada pelo ministério que convocou uma conferência de imprensa para as 20h de hoje.



Recorde-se que este processo de divulgação da lista de professores tem estado envolvido em grande polémica devido a atrasos e erros sucessivos. Tinha sido adjudicada à Compta a produção de uma solução de recepção de fichas online e a produção das listas de professores, mas a ministra viria a confessar mais tarde que abdicava desta aplicação por não conseguir assegurar a correcção dos dados.



Na altura o ministério decidiu avançar com um processo manual que seria realizado em tempo excepcional de forma a garantir a publicação das listas de afectação, destacamento e contratação até ao dia 30 de Setembro.

Notícias Relacionadas:

2004-09-23 - Compta nega responsabilidade exclusiva pelos problemas nas listas de professores

2004-09-22 - Ministra da Educação desiste de sistema informático para colocação de professores

2004-09-21 - Questões informáticas que bloqueiam a emissão das listas de professores ainda sem solução

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.