A empresa de soluções de segurança analisou a realidade junto dos seus utilizadores e apurou números surpreendentes, tendo em conta toda a divulgação e avisos das empresas de segurança em torno dos problemas com o Java.



No universo de produtos analisados pela Websense com o Runtime do Java desatualizado foi ainda detetado que em 25% dos produtos o software não era atualizado há mais de quatro anos.



Só um em cada 20 produtos analisados executava a última versão do programa, sendo que a larga maioria dos produtos analisados estão a utilizar versões tão antigas do Java que já não são suportadas, corrigidas ou atualizadas.



Face aos dados apurados, a Websense concluiu que 94% dos end points analisados estavam vulneráveis à falha mais recentemente detetada no Java. À falha detetada em novembro do ano passado, 75% das empresas mantinham-se vulneráveis.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.