Um estudo hoje divulgado pela Comissão Europeia e realizado pelo Eurostat, mostra que a taxa de utilização da Internet entre os cidadãos europeus continua a crescer, assim como o recurso à banda larga. Portugal mantém-se porém bastante abaixo das médias de posse de Internet nos lares, assim como de banda larga e de utilização da Net.

A análise da CE indica que, no primeiro trimestre de 2005, 48 por cento dos lares dos 25 Estados-membros tinha acesso à Internet, sendo que 23 por cento afirmava possuir ligações de banda larga. Já nas empresas a percentagem de ligação subia para os 91 por cento, enquanto as ligações de maior velocidade estavam presentes em 63 por cento dos casos.

As taxas mais elevadas de ligação à Internet nos lares europeus foram encontradas na Holanda (78%), Luxemburgo (77%) e Dinamarca (75%), enquanto os níveis mais baixos são referenciados na Lituânia (16%), República Checa (19%) e Grécia (22%). Portugal fica a meio da tabela com 31 por cento de ligações nos lares, ainda assim bastante abaixo da média de 48 por cento dos países da UE.

Em relação à frequência de acesso à Internet, 43 por cento dos utilizadores residenciais liga-se à Rede pelo menos uma vez por semana, sendo que a mesma percentagem de cidadãos afirma que nunca utilizou a Internet. Mais uma vez os números apresentam grandes diferenças entre os Estados da UE, com a Suécia a liderar a lista dos que usam a Internet pelo menos uma vez em cada semana, com 76 por cento, seguida pela Dinamarca com 73 por cento.

Nas posições do fundo da tabela está mais uma vez a Grécia, com apenas 18 por cento a usar a Internet com frequência, e mais uma vez o Chipre e a República Checa, ambos com 26 por cento.

Neste caso Portugal está muito perto do fim da lista, com apenas 28 por cento de utilizadores frequentes e um total de 63 por cento dos inquiridos a responder que nunca acedeu à Internet, um número que só é suplantado, mais uma vez, pelos suspeitos do costume, nomeadamente a Grécia, República Checa e Chipre.

Recorde-se que os últimos números da Anacom, referentes ao acesso à Internet em Portugal no final de 2005, indicavam a existência de 1,483 milhões de clientes de acesso Internet, sendo que 1,212 milhões eram assinantes de serviços de banda larga.

Notícias Relacionadas:

2006-04-04 - Internautas portugueses aderem à Voz sobre IP
2006-03-21 - Comissão quer garantir banda larga nas zonas menos desenvolvidas da UE

2006-03-09 - Banda larga liga 82% dos assinantes de serviços de Internet em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.