A compilação desta lista pela McAfee é já habitual e integra os alertas da empresa em relação a práticas de segurança online. Robert Siciliano, evangelista de segurança da empresa, afirma que a pesquisa por nomes de celebridades é comum mas que as pessoas não têm noção dos riscos que correm ao fazer estas buscas nos computadores, smartphones ou tablets.

Os hackers recorrem à utilização dos nomes de personalidades famosas para atraírem mais utilizadores aos seus sites, onde depois distribuem vários tipos de ameaças, como spyware, adware, spam, phishing ou vírus.

As promessas de notícias, informação sobre boatos ou fotografias indiscretas são normalmente estratégias bem sucedidas, e neste ano o nome da filha de Phil Collins esteve entre os mais utilizados, substituindo Emma Watson (a Hermione da saga de Harry Potter) na primeira posição.

Em segundo lugar surge o nome da cantora Avril Lavigne, seguida de Sandra Bullock, Kathy Griffin e Zoe Saldana. Em qualquer dos casos as pesquisas destes nomes aumentam em mais de 10% o risco online.




[caption][/caption]

A lista é dominada por nomes de mulheres, integrando apenas um homem, Jon Hamm, protagonista da série Mad Men.

Robert Siciliano não defende que os internautas deixem de fazer as suas pesquisas sobre as celebridades que gostam de seguir, mas recomenda alguns cuidados, entre os quais a suspeita sobre ofertas demasiado boas para serem verdadeiras, e a reflexão redobrada em relação à verificação dos endereços dos sites integrados nos links, porque podem ter sido manipulados para apontar para páginas falsas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.