A Microsoft conseguiu vencer a Google na luta por uma participação no Facebook. A empresa de Bill Gates adquiriu uma quota de 1,6 por cento da rede social investindo 168,87 milhões de euros, o que supõe uma valorização da rede social de 10,5 mil milhões de euros.



De acordo com a Microsoft, este negócio representa "uma aliança estratégica" entre as empresas e inclui a cedência de direitos exclusivos para a venda de publicidade do Facebook fora dos Estados Unidos.



A rede social, que foi criada em 2004 e já conta com 50 milhões de utilizadores, regista a adesão de 250 mil novos membros todos os dias, 60 por cento das quais provenientes de fora dos Estados Unidos. À semelhança dos serviços concorrentes, este serviço permite a partilha de informação entre membros e recentemente foi aberta à colaboração de terceiras partes para a criação de jogos e outras aplicações para as páginas de perfil.



Segundo as estimativas da Microsoft, citadas pela Reuters, a rede social pode chegar a alcançar os 300 milhões de utilizadores, o que supõe um forte aumento das receitas publicitárias que, neste momento, se fixam nos 28,145 mil milhões de euros anuais.



Notícias Relacionadas:

2007-09-26 - Microsoft planeia investimento na rede social Facebook

2007-05-25 - Facebook estende oferta de conteúdos através de novas parcerias

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.