O Fórum Económico Mundial (WEF, na sigla em inglês) lançou uma nova iniciativa para averiguar o potencial da Web3 e Blockchain na luta contra as alterações climáticas.

Como explica o WEF em comunicado, a Crypto Sustainability Coalition nasce da “necessidade urgente”  de reduzir a pegada carbónica do processo de mineração de criptomoedas. “É também preciso uma maior clareza regulatória que promova a inovação Web3, proteja os consumidores e melhore a inclusão financeira”, realça.

Ao todo, os grupos de trabalho da a coligação, que se afirma como uma iniciativa público-privada composta por 30 entidades parceiras, focam-se em três áreas de atuação específicas.

A primeira área de atuação centra-se no consumo de energia da indústria das criptomoedas e respetivo impacto no meio ambiente; a segunda no potencial da Web3 para solucionar desafios climáticos; e a terceira nos créditos carbónicos “on-chain”, que se acredita poder ajudar a lidar com falhas no atual mercado carbónico global.

Tendo em mente estas áreas de atuação, a coligação vai averiguar as melhores práticas da indústria, destacando exemplos que, de forma prática, demonstrem como as tecnologias Web3 podem suportar as comunidades mais vulneráveis aos impactos das alterações climáticas.

A coligação faz parte da iniciativa Crypto Impact and Sustainability Accelerator (CISA), anunciada pelo WEF em janeiro deste ano, que tem como objetivo incentivar a um maior conhecimento do impacto ambiental, social e governamental das tecnologias cripto.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.