A Overture, antiga GoTo, um motor de pesquisa que funciona com um modelo onde as empresas pagam por inclusão na listagem, acaba de apresentar uma acção em tribunal contra o motor de busca Google que alegadamente terá usufruído dos seus serviços sem aviso prévio, ou pedido de autorização. De acordo com a Overture, este terá violadoPatente 361 que protege todos os produtos da sua empresa, incluindo a tecnologia Pay-For-Performance em questão no processo.



Sem tecer grandes comentários ao processo judicial, o Google continua a negar que tenha infringido alguma patente da Overture e chama atenção para o facto desta empresa estar já envolvida num caso semelhante em que acusa o portal Findwhat.com do mesmo.



Segundo o serviço noticioso Newsbytes.com, o Findwhat.com pediu em Janeiro último a um tribunal federal norte-americano que considere a patente da Overture inválida, argumentando que esta é "económica e estruturalmente opressiva".



De acordo com um comunicado emitido pela Overture a empresa terá gasto dezenas de milhões de dólares a desenvolver os seus produtos e serviços, que permitem que os anunciantes licitem o seu lugar na lista de resultados, não sendo obrigados a pagar a não ser que o consumidor clique na lista.

Notícias Relacionadas:

2002-02-20 - Google lista sites de anunciantes com base num sistema pago

2001-11-14 - Yahoo! integra serviço de resultados de pesquisa pagos da Overture

2001-09-11 - GoTo transforma-se em Overture

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.