De origem argentina, o Papa fez disparar o interesse dos latino-americanos pelo seu perfil no site social e hoje a conta ultrapassou os seis milhões de seguidores. O crescimento médio diário do número de seguidores tem rondado os 60 mil.



O utilizador cinco milhões foi assinalado já este mês, a 4 de abril. Nesta escalada de popularidade uma das principais tendências reveladas pelos números é o crescimento do número de seguidores da conta em espanhol, que é já de 2,1 milhões, contra os 2,4 milhões contabilizados na versão em inglês da conta. Outra diferença importante está no tom das mensagens publicadas pelos seguidores, esmagadoramente de apoio ao novo Papa.



O perfil papal no Twitter foi criado em dezembro do ano passado, ainda Bento XVI ocupava o cargo. Nas primeiras 24 horas meio milhão de internautas começaram a seguir a conta, mas esta nunca viria a acolher grande dinâmica.



O plano de atualizações do perfil definido pelo Vaticano foi semanal, com uma nova mensagem todas as quartas-feiras. No dia 28 de fevereiro deste ano, data escolhida para a resignação, o perfil ficou mudo.



Nessa altura, cerca de três meses depois de ter sido criada, a conta somava cerca de 3,3 milhões de seguidores nas nove línguas em que está disponível. O Papa Bento XVI publicou um total de 36 tweets.



Francisco tomou posse como Papa a 13 de março e desde então já publicou 27 mensagens.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.