A ParaRede, em conjunto com o Instituto Português de Museus (IPM) acaba de anunciar o MatrizWeb, uma aplicação que funciona como interface para a divulgação na Web de acervos e colecções por parte das entidades públicas ou privadas interessadas e que disponham de património museológico.

Concebido e desenvolvido em colaboração pelas duas entidades, o MatrizWeb disponibiliza ferramentas que facilitam a divulgação e o estudo de colecções de particulares e entidades detentoras de acervos e constitui uma fase adicional do processo de investigação, revisão crítica e digitalização dos inventários patrimoniais portugueses no âmbito do programa Matriz.

Tal como o MatrizNet, outra aplicação do IPM mas destinada específicamente à disponibilização na Web dos acervos e colecções dos 28 museus tutelados por este organismo estatal, o MatrizWeb funciona na sua estrutura como um motor de busca, permitindo pesquisar peças de colecções e exposições temporárias promovidas pelas instituições. Desenvolvido para plataformas Microsoft Windows, o software emprega como sistema de gestão e base de dados o Microsoft SQL Server 2000.

Esta aplicação, que é comercializada sob o formato de um módulo opcional do Matriz, está disponível mediante a aquisição de uma licença ou em regime ASP (Application Service Provider), modalidade segundo a qual o cliente não precisa de comprar qualquer tipo de licença de software ou infra-estrutura de hardware, assegurando a ParaRede as funções de gestão e manutenção do MatrizWeb.

Notícias Relacionadas:

2002-05-18 - Sites de Museus nacionais vão obedecer a regras de acessibilidade online
2002-01-15 - ParaRede e Museu de Marinha participam em projecto aprovado no programa eContent
2001-03-29 - Rede Portuguesa de Museus com site próprio

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.