Os rumores já circulavam e, esta semana, a Meta confirmou que vai  passar a disponibilizar aos utilizadores do Facebook e Instagram na Europa novas opções pagas para uma experiência sem anúncios em ambas as redes sociais a partir de novembro.

De acordo com a empresa liderada por Mark Zuckerberg, as novas opções estarão disponíveis para utilizadores na União Europeia, assim como nos países que compõem o Espaço Económico Europeu e na Suíça.

No caso das versões web do Facebook e Instagram, o plano pago terá um preço de 9,99 euros por mês. Já na versão para Android e iOS das redes sociais, o preço sobe para 12,99 euros por mês. 

A Meta detalha que a assinatura de um destes planos aplica-se a todas as contas de Facebook e Instagram ligadas à conta principal do utilizador. A empresa alerta também que a partir do dia 1 de março de 2024, será necessário pagar um preço adicional de mais 6 euros por mês, para as versões web, ou de mais 8 euros por mês, para as versões mobile, por cada conta associada.

Os utilizadores que não desejam pagar por estes planos vão poder aceder ao Facebook e Instagram gratuitamente, continuando a ver anúncios. 

“Quer escolham usar os nossos produtos gratuitamente com anúncios, ou com um plano pago para removê-los, estamos empenhados em manter a segurança e privacidade dos dados dos utilizadores, ao abrigo das nossas políticas, assim como do Regulamento Geral de Proteção de dados (RGPD)”, afirma a Meta.

Facebook, Instagram e Whatsapp antecipam novas medidas europeias de proteção da privacidade
Facebook, Instagram e Whatsapp antecipam novas medidas europeias de proteção da privacidade
Ver artigo

A gigante tecnológica tem vindo a tomar medidas para adaptar as suas plataformas às exigências do regulamento europeu dos serviços digitais (DSA na sigla em inglês). Recorde-se que tanto o Facebook como o Instagram fazem parte dos serviços visados pelo DSA e, anteriormente, a empresa já tinha dado a conhecer que medidas tomaria nesse âmbito.

Para lá da chegada de planos pagos para uma experiência sem anúncios, a Meta estará a considerar novas opções para os utilizadores mais jovens. 

De acordo com informação avançada pelo The Wall Street Journal o Facebook e Instagram vão deixar de apresentar anúncios aos utilizadores com menos de 18 anos. A medida, que também se enquadra no contexto das novas regras europeias, entrará em vigor a partir do dia 6 de novembro e é temporária. 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.