Portugal é o sexto país do mundo com melhor nível médio de picos de conexão, um dos indicadores apurados trimestralmente pela Akamai, que usa a sua rede mundial de servidores para fornecer dados sobre o estado da Internet em todo o mundo.



Medido desde o primeiro trimestre do ano passado, este indicador apura um valor médio para as velocidades máximas atingidas por cada endereço IP monitorizado, um dado que, segundo a empresa, fornece um indicador mais fiável do que a velocidade média das ligações, sobre a capacidade das redes.



Segundo os números da empresa, Portugal atingiu assim no último trimestre do ano passado uma média de velocidades de pico de 23 Mbps, tendo apenas à sua frente Hong Kong, Coreia do Sul, Roménia, Japão e Emirados Árabes Unidos. Face ao terceiro trimestre de 2010, a posição de Portugal neste indicador melhorou 20 por cento.



Os dados foram apurados a partir de 2,5 milhões de moradas IP únicas e também apontam a velocidade média das ligações monitorizadas, que se fixou nos 4,8 Mbps. Na banda larga móvel as ligações oferecem um débito médio de 574 Kbps, diz o relatório.



A mesma análise mostra ainda que o Porto passou a ser a cidade do país com melhor média na largura de banda, atingindo os 7,44 Mbps e ganhando uma posição que na análise anterior pertencia a Coimbra. Mesmo assim, muito longe da cidade sul coreana que atingiu os melhores resultados na análise, com uma média de débitos na ordem dos 18,36 Mbps.



A Akamai ordenou ainda os países monitorizados pelo número de ataques de rede que originaram no período em análise. Portugal está nos últimos lugares deste campeonato, sendo responsável por apenas 0,4 por cento dos ataques mundiais registados no período. A Rússia liderada a tabela, tendo originado 10 por cento de todos os ataques contabilizados pela Akamai.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.