Um estudo dirigido pela National School Boards Foundation a 811 distritos escolares nos Estados Unidos demonstra que cada vez mais nas escolas os estudantes assumem o papel de professor em assuntos relacionados com a Internet, explica uma notícia da Associated Press.

O estudo, ontem divulgado, indica que cinquenta e quatro por cento dos inquiridos confiam nos estudantes para fornecer auxílio técnico aos sistemas informáticos escolares já que a maioria dos professores está "mal preparada para utilizar a tecnologia como uma ferramenta para ensinar ou aprender".

Oitenta por cento dos inquiridos afirmam que a utilização preliminar da Internet deve ser para pesquisa de forma a ajudar os professores nos planos das aulas. No entanto, a maioria dos professores não tem grande experiência na utilização de computadores ou da Internet, refere o estudo.

Dos oitocentos e onze distritos escolares entrevistados, cinquenta e quatro por cento afirmaram que os estudantes fornecem apoio técnico às suas escolas. Em quarenta e três por cento dos distritos os estudantes resolvem mesmo problemas de hardware, software e outros.

O estudo reporta ainda que em trinta e nove por cento dos distritos os alunos configuram equipamentos e redes e quase a mesma percentagem dos distritos revelou que os mesmos executam a sua manutenção técnica.

Esta é, porém, uma situação da qual ambas as partes podem tirar proveito já que ao mesmo tempo que os alunos ajudam os professores a integrar a Internet nos seu planos de formação desempenhando tarefas ténicas recebem também créditos académicos, conclui o estudo.

Notícias Relacionadas:
2002-06-05 - Comissão quer programas de Internet que interliguem escolas da UE

2001-09-13 - Formação transita lentamente para a Internet

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.