Uma falha de segurança nos registos da Razer deixou desprotegidos os dados pessoais de mais de 100 mil pessoas. O problema foi identificado a 19 de agosto, pelo investigador de cibersegurança Bob Diachenko, que prontamente o comunicou à empresa.

O erro foi corrigido no passado dia 9 de setembro, mas a empresa não garante que a falha não tenha sido explorada por utilizadores mal intencionados, pelo que está agora a enviar emails aos seus clientes para que tomem precauções.

tek razer

Na mensagem pode ler-se que não foi exposto qualquer dado confidencial, "como números de cartão de crédito ou passwords". No entanto, informações como o email, a morada, número de telefone, registo de compras, entre outras coisas, estiveram acessíveis a quem encontrasse este "cluster" de dados.

Apesar de não haver passwords envolvidas, estes dados podem ser utilizados para mascarar ataques de phishing. Ao serem mais personalizados, estes ganham outro nível de credibilidade, o que pode ludibriar vítimas de forma mais rápida e eficaz e, aí sim, deixar vulneráveis informações como dados de contas bancárias e palavras-chave.

Se é cliente da Razer, mantenha-se atento e duplamente alerta durante os próximos meses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.